h1

O Casamento do Meu Melhor Amigo

dezembro 24, 2009

Ele disse não

Comédia romântica sobre o relacionamento do melhor amigo, este filme lançou a carreira de muitos atores e  tem uma das cenas mais memoráveis do  cinema

NOTA: 7,5

Este filme não é tão antigo assim, mas já é um clássico absoluto tanto entre o público  feminino quanto masculino. O que muito  colabora para seu sucesso é o inegável  carisma [e beleza] de Julia Roberts que, à  época tinha 30 anos – mas aparentava  alguns a menos.

Somente ela já faz o filme valer a pena. Como não bastasse, Dermot Mulroney, igualmente aparentando bem menos idade do que seus 34 anos diziam, esbanja talento e sensualidade. Além destes dois grandes nomes, há uma ainda inexperiente e belíssima Cameron Diaz, para completar um elenco que não podia ficar mais bonito.

Em 1997, este foi o primeiro filme de grande sucesso tanto de Cameron [que se lançou com O Máscara, de 1994] quanto de Dermot – Julia já era Uma Linda Mulher há anos. A história dos grandes amigos Julianne e Michael tem um longo histórico, desde a época no qual, ainda jovens, prometeram-se que se ainda estivessem solteiros quando completassem 30 anos, se casariam.

Às vésperas da data, Julianne recebe a notícia de que Michael iria se casar e que ela havia sido convidada para ser uma das madrinhas. Julianne, confusa com os próprios sentimentos, aceita em consideração ao velho amigo, mas não tarde demais para admitir que sempre o amou.

Disposta a fazer Michael desistir de Kimberly, sua nova [e afetada] noiva, Julianne usa de todas as táticas possíveis. Na cena mais memorável do filme – aquela na qual, no jantar de noivado, o restaurante todo solta a voz para cantar I Say a Little Pray for You, por Diana King – George, amigo de Julianne, interpreta bem seu papel de namorado lindo, simpático, engraçado – e gay!

Sem sucesso na empreitada, George convence Julianne a dizer a verdade para Michael, de que ela estava apaixonada. Talvez o grande sucesso do filme seja exatamente o fracasso, e a frustração de se convencer de que as coisas não saem como planejamos, ou como queremos.

Apesar de ser um sucesso inegável, é necessário ressaltar que, assim como temos simpatia por Julianne e sua tentativa desesperada, também nos afeiçoamos aos noivos. Chatinha, a personagem de Julia chega mesmo a irritar com sua insistência.

Isso inevitavelmente cria uma tensão psicológica que só ao final do filme será ajustada – com aquilo que achamos que seria “o certo”, ainda que não possa ser chamado de final feliz. Assim, Julianne tem sua redenção, de certa forma, enquanto ela se conforma com a escolha de seu amigo, os dois noivos têm o aval do próprio espectador para serem felizes.

Título Original: My Best Friend’s Wedding
Direção: P. J. Hogan
Gênero: Comédia
Ano de Lançamento (EUA): 1997
Roteiro: Ronald Bass
Trilha Sonora: James Newton Howard
Fotografia: László Kovács
Tempo de Duração: 95 minutos
Com: Julia Roberts [Julianne Potter], Dermot Mulroney [Michael O’Neal], Cameron Diaz [Kimberly Wallace], Rupert Everett [George Downes], Philip Bosco [Walter Wallace], Philip Bosco [Walter Wallace], M. Emmet Walsh [Joe O’Neal], Rachel Griffiths [Samantha Newhouse], Carrie Preston [Mandy Newhouse], Susan Sullivan [Isabelle Wallace], Christopher Masterson [Scotty O’Neal] e Paul Giamatti.

Anúncios

One comment

  1. Não sou fã desse tipo de filme – ou gosto muito mais do que sou capaz de admitir; mas o fato é que assisti há muito tempo e GOSTEI. Surpreende-me um filme relativamente antigo aqui, ao mesmo tempo em que me agrada – resenhas habilidosas de filmes que gosta, em vez de críticas rápidas de filmes da moda para vender uma imagem de “cool” e “antenada às últimas novidades”.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: